Coluna Vertebral: vértebras, função, anatomia e divisão.

Myo Clinic
Myo Clinic

O centro para a sua saúde

Exercício para a Coluna

Vértebras e a sua divisão.

A coluna vertebral é um dos principais elementos ósseos do corpo humano. A coluna é composta por vértebras, sendo elas divididas por zonas específicas. Temos a zona cervical, torácica ou dorsal, a lombar, a sacral e a coccigeana. Cada uma destas zonas possui vértebras, assim como discos intervertebrais que permitem à coluna ter toda a mobilidade que esta possui. A divisão de vértebras está feita da seguinte forma:

Cervical – C1 a C7, são 7 vértebras;

Torácica ou Dorsal – T/D1 a T/D12, são 12 vértebras;

Lombar – L1 a L5, são 5 vértebras;

Sacro – 5 Vértebras fundidas;

Cóccix – 3 a 5 Vértebras fundidas.

myo-exercício-clínico-3
Pilates Clínico para a saúde da coluna.

Anatomia e Função

A coluna forma curvaturas nomeadamente, 2 Lordoses e 1 Cifose e por vezes, algumas pessoas, possuem uma Escoliose sendo uma curvatura não “natural” da coluna vertebral. Estas curvaturas, lordose e cifose, existem para um melhor suporte do peso corporal, ficando este mais distribuído e diminui a compressão provocada nos discos intervertebrais. Toda a nossa coluna é capaz de realizar vários movimentos, nomeadamente flexão, extensão e rotações.

              Entre cada vértebra possuímos os discos intervertebrais, que são estruturas cartilaginosas com pouca vascularização (pouca circulação sanguínea). Estes variam de tamanho, de espessura e de formato, ou seja, as suas características variam de acordo com a zona da coluna vertebral. Os discos compreendem cerca de 25% do comprimento total da coluna, daí que, à medida que envelhecemos associado a uma desidratação destas estruturas anatómicas observamos uma diminuição da estatura dos idosos. O disco é essencialmente constituído, na sua periferia, pelo anel fibroso e na sua região interna pelo núcleo pulposo, uma estrutura gelatinosa, que quando “degenerado” pode formar hérnias.

              O grande desafio para nós, profissionais de saúde, é percebermos de que forma podemos reduzir o risco de desgaste destas estruturas de forma a melhorarmos a qualidade de vida dos nossos clientes.

              Ao longo de toda a nossa coluna vertebral possuímos a Medula, encontrando-se no canal vertebral. Esta inicia-se entre o crânio e a primeira vertebra cervical, e estende-se até à região lombar, sendo um prolongamento do nosso encéfalo. A medula dá origem a vários pares de nervos (31), que saem ao longo da nossa coluna vertebral por orifícios formados entre uma vértebra e outra. Através destes nervos é que se torna possível produzirmos movimento, pois a medula conduz os impulsos nervosos e exerce funções importantes nos nossos músculos.

Partilhe este artigo:
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Novidades

Quer receber em primeira mão as nossas novidades e artigos como este? Pode subscrever à nossa lista.

Junte-se a nós
Quer experimentar os nossos serviços de forma a poder avaliar a nossa qualidade? Marque uma sessão gratuita connosco, teremos todo o prazer em recebê-lo/a.

RESERVAR EXPERIÊNCIA

myoclinic

Entraremos em contacto consigo para finalizarmos a sua marcação.

Marque aqui a sua

CONSULTA

Aproveite a nossa campanha e marque já a sua!